em Mercado

iTablet não existe, mas já tem uma legião de interessados

Apple Inc.
Image via Wikipedia
Por Marco Andrei Kichalowsky
Uma pesquisa promovida pelo banco de investimentos RBC Capital Markets revelou que, apesar de ainda nem existir, o iTablet já tem uma legião de fãs. Em um contingente de mais de 3 mil compradores, cerca de 20% deles tem interesse em comprar um dispositivo “tablet” produzido pela Apple. O valor é mais que 9% daqueles que se disseram interessados no iPhone, em abril de 2007, segundo informou o Apple Insider.
A pesquisa assumiu que o iTablet seria semelhante ao netbook, com um preço entre 500 e 700 dólares, mas isso já se sabe que não deve acontecer. Além de desprezar as atuais configurações dos netbooks, considerando o posicionamento de marketing da Apple, o novo produto deve ser algo bem diferente e vai ser lançado com um preço digno de produtos “premium”, fatia de mercado mais explorada pela empresa.
O suposto iTablet foi a grande ausência na última apresentação de produtos Apple ocorrida no dia 9 de setembro. Um dos anúncios mais esperados, o iTablet (ou iBook, como querem alguns) não foi apresentado ou sequer mencionado pela Apple, que nega a existência de qualquer projeto semelhante.
Fonte: www.geek.com.br em 24/09/2009

Por Marco Andrei Kichalowsky

Uma pesquisa promovida pelo banco de investimentos RBC Capital Markets revelou que, apesar de ainda nem existir, o iTablet já tem uma legião de fãs. Em um contingente de mais de 3 mil compradores, cerca de 20% deles tem interesse em comprar um dispositivo “tablet” produzido pela Apple. O valor é mais que 9% daqueles que se disseram interessados no iPhone, em abril de 2007, segundo informou o Apple Insider.

A pesquisa assumiu que o iTablet seria semelhante ao netbook, com um preço entre 500 e 700 dólares, mas isso já se sabe que não deve acontecer. Além de desprezar as atuais configurações dos netbooks, considerando o posicionamento de marketing da Apple, o novo produto deve ser algo bem diferente e vai ser lançado com um preço digno de produtos “premium”, fatia de mercado mais explorada pela empresa.

O suposto iTablet foi a grande ausência na última apresentação de produtos Apple ocorrida no dia 9 de setembro. Um dos anúncios mais esperados, o iTablet (ou iBook, como querem alguns) não foi apresentado ou sequer mencionado pela Apple, que nega a existência de qualquer projeto semelhante.

Fonte: www.geek.com.br em 24/09/2009