em principal

Reflexões: Bem-vindo 2011

Olá para todos!

Passado a fase de reflexões de 2010, as festas de Natal e Ano, finalmente começa um novo ano para colocar em prática todas as promessas, investir o que não deu tempo de fazer no ano passado e colher os frutos do esforço do ano anterior.

Cada novo ano é uma oportunidade de fazer acontecer e também se surpreender. O mercado há tempos tem vida própria e cabe aos profissionais acompanhar e antever tendências. Por isso, resolvi colocar aqui algumas reflexões do que espero para este ano:

TABLETS

Este será o ano em que veremos mais desses gadgets em todo lugar. Pelo menos, um ou outro aqui em terras tropicais, no exterior, será bem mais fácil deparar com eles em eventos e palestras. Há quem diga que o mercado de netbooks e notebooks já sofre queda por sua causa, muito provável pelo seu buzz já que em muitos casos, a experiência assemelha-se ao do iPhone/iPod Touch só que em telas maiores.

Preparem-se, enquanto que aqui o iPad mal chegou, promessas de uma nova versão para o mercado norte-americano já estão aparecendo na mídia  e tio Steve Jobs adora essa publicidade paralela a cada lançamento.

TELEFONIA MÓVEL

A “quarta tela” está em franco crescimento. Cada vez mais parrudos e superdotados, os celulares acabam com a distância entre usuário e computador e com um clique, podem acessar e-mail, rádio online, enviar fotos, checar o Twitter e fazer check-in no FourSquare.

Novos empreendimentos e serviços devem surgir aproveitando a integração de serviços online criando estratégias no offline. Seja para conferir benefícios a seus participantes mais assíduos em lojas ou promoções e jogos através das redes sociais.

Ainda assim, mesmo com a promessa de crescimento, devemos torcer para que mais investimentos sejam realizadas pelas teles para suportar o aumento de tráfego que tais serviços demandam.

GOOGLE

A gigante de buscas promete também fazer de 2011 um ano movimentado com o lançamento de seu próprio sistema operacional, o ChromeOS, todo baseado em nuvem e facilitando o acesso a seus serviços.

Mesmo sendo uma grande e estabelecida empresa de internet, a Google chamou a atenção com seu comercial do navegador Chorme, demonstrando para os mais céticos que a mídia tradicional ainda tem sua imprortância para impactar um público maior de usuários.

FACEBOOK

Outra gigante da internet que pode cresce constantemente é a rede social criada por Mark Zuckerberg que com seus jogos, o botão curtir e a possibilidade de compartilhar os links que seus usuários curtiram faz do Facebook uma boa opção de publicidade para as marcas.

No final do ano ela já representava quase 9% do tráfego na web, superando inclusive a própria Google, um indicativo que que as mídias sociais tem um grande peso e que marcas e produtos ainda devem investir mais em 2011 para estar próximo a seu público.

Update: Com o grande investimento que tem em mãos e o crescimento de seus usuários, a criação de uma ferramenta de busca, alimentado pelas recomendações feitas na rede social de Zuckeberg, pode vir a se tornar o futuro rival da gigante Google.

2011: esteja sempre preparado

Novos produtos surgindo, mash-ups, integração entre conhecidos e novos aplicativos na web e suporte crescente a celulares e tablets devem ser a onda para 2011. Estejam atentos para fusões e crises, a ameaça de fim de serviços como o Delicious e instabilidades em outros alertam para a necessidade de ter um plano B sempre preparado.

Um bom 2011 de muitas conquistas em seus projetos!