em principal

Facebook e Orkut: quem é o rei?

Há tempos que o debate sobre qual é a maior rede social do país permeia as listas e tweets da turma envolvida com marketing digital. Desde a chegada do gigante azul no país, dominado pelo Orkut há pelo menos 7 anos, o palco digital tem sofrido várias mudanças em matéria de conteúdo, presença e participação.

A semana começou agitada para as redes sociais por causa da matéria de capa da revista semanal IstoÉ Dinheiro, “Você pode ganhar muito dinheiro no Facebook“, com uma seleção de reportagens sobre como a rede criada por Mark Zuckeberg pode ser uma grande vantagem comercial para empresas que queriam aproveitar a plataforma para ganhar dinheiro.

Nela, entre outros dados, afirma-se que o Facebook ultrapassou o Orkut em agosto no número de usuários e acessos, segundo dados apurados pelo Ibope (veja o gráfico). Rapidamente o assunto se espalhou pela esfera de mídias sociais. Leia a matéria na íntegra no site da revista IstoÉ Dinheiro.

Mas os dados já começam a ser questionados. Segundo noticiado no blog Midia8, o Ibope contesta as informações obtidas pela revista pois ainda eles ainda não fecharam as informações sobre o ranking de internet para o mês de agosto.

Com ou sem coroa,  é inquestionável as mudanças que estão acontecendo e no número crescente de usuários (e empresas) participando do Facebook que conta com jogos, grupos e ainda recursos de publicidade e customização de páginas. Já o Orkut, líder no país desde sua chegada, parece ter sido abandonado pela matriz do Google, que preferiu investir em sua nova plataforma, o Google+,  como sua rede social oficial.

Se o Google irá reagir e fundir suas redes sociais ou se o Facebook irá realmente ser aclamado como novo líder no país, só o tempo dirá.

Mas uma coisa é certa: independente de tudo isso, estamos falando de ambientes digitais para as pessoas, o lugar que elas consideram sua segunda casa (a digital pelo menos) e lá conversam, batem papo, criam e se divertem. Esse é o terreno que as grandes marcas digitais querem lotear, semelhante a um slogan de empreendimento imobiliário, “aonde você vai morar?”

E como somos seres gregários, preferimos viver em sociedade, perto de quem gostamos e conhecemos. Essa é a chave de sucesso de uma mídia social: a capacidade de atrair mais participantes mantendo um grande grupo. Assim, a morte e abandono de uma casa é questão de tempo para alguém escolher seu lugar ao sol (ou perfil).

E você? Acha mesmo que está decretado mais uma morte digital, a do Orkut? Ou tudo é uma questão de tempos para a gigante das buscas se reinventar? E o Facebook, já era hora dele se tornar o líder? Deixe seus comentários abaixo.

  • Pingback: Diego Brugiolo()

  • Pingback: Ana Magal()

  • Pingback: José Telmo()

  • Pingback: dianapadua()

  • Anônimo

    Olá José Telmo! Ótimo post pra variar…rs

    Acredito que o FB ganhou força e novos adeptos tanto pelo marketing boca-a-boca quanto pela novas possibilidades de negócio que as empresam vislumbram conquistar. É fato que o orkut foi definitivamente esquecido por seus donos e conheço muita gente que excluiu seu perfil de lá pra entrar no FB. Agora precisamos ver se a grande rede de Mark continuará inovando… se sim… não vejo mais volta o Facebook vai dominar também o Brasil.

    Grande abraço,

    Leandro Martins
    Blog Sua Carreira
    http://suacarreira.blogspot.com/

  • Pingback: Kamus()

  • Pingback: Cristiano Santos()

  • Pingback: José Telmo()

  • Pingback: José Telmo()

  • Pingback: Biblioteca ESPM Rio()

  • Pingback: Vinícius Pinto()